Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Visite também:
Mercado Livre

Chegando de curioso pra ficar.

7/1/2013, 20:54 por Marcus Paiva

Olá amigos, se me permitem, rodando pela net
encontrei na assinatura de um amigo (João Paulo Maron) um link, resolvi conferir e aqui estou eu Wink
Espero poder contribuir, trocar conhecimentos em geral com os amigos do forum. Abraços e vamos lá!

Comentários: 2

E boa tarde.

29/9/2012, 16:03 por Solange N

Bom, o nome é Solange, aquarista desde 2010.
Iniciei com kinguios fazendo muita coisa errada, depois fiz o certo, aprendi bastante, mais tarde fui apresentada a alguns killis, tive vários acidentes de percurso, desisti de aquários pequenos, meus corys se reproduziram e a última aquisição é …

Comentários: 0

Apresentação - Paulo H.

6/7/2012, 19:57 por Paulo H.

Muito prazer em particiar deste ótimo fórum!
Vim aqui para aprender e ajudar quem ainda não aprendeu
Por que eu não posso fazer submissões para o fórum?
Nos vemos por aí Wink

Comentários: 3

Apresentação EduardoVidal

18/5/2012, 22:42 por EduardoVidal

Olá pessoal, sou técnico em eletrônica e aquarista.
Após anos de aquarismo, tive uma perda considerável
no meu aquário depois de ficar 6 horas sem energia elétrica
e o que é pior, eu não estava em casa.
Por esse motivo desenvolvi um oxigenador automático que
funciona na eletricidade e …

Comentários: 2

Visitantes

Folha de amendoeira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Folha de amendoeira

Mensagem por Fabricio Mendonça em 9/4/2012, 15:27

Prezados,

Um texto que achei interessante sobre a saúde dos peixes...

Texto:
Folhas de Amendoeira (I)
Terminalia catappa, o nome é estranho? Certamente a planta não é desconhecida sua, confira na foto abaixo:



Esta planta é conhecida no Brasil por vários nomes comuns, de acordo com a região ela pode ser chamada de Castanheira, Castanheira Portuguesa, Castanha da ìndia, Castanhola, Sete Copas, Chapéu de Sol e possivelmente outros nomes.

Ela foi introduzida no Brasil pelos portuguêses trazida da Índia no período de colonização do nosso país. Adaptou-se perfeitamente aos diversos climas do nosso gigante e hoje se ninguém falar nada, muita gente vai continuar pensando que ela é nativa, mas não é, é uma planta exótica. No exterior o nome mais comum é Indian almond leaves mas não é difícil ver a planta sendo chamada de folhas milagrosas ou folhas mágicas.

Mas o que tem essa planta de especial para estar sendo comentada em um website que basicamente trata de aquários?

Esta planta é hoje em dia, alvo de diversas pesquisas farmacêuticas, um dos metabólitos presente em suas folhas já foi identificado como bactericida e fungicida entre outras possíveis aplicações, inclusive contra o câncer. Ela é usada na medicina popular da Ásia a séculos e além disso é usada como tônico e coadjuvante no tratamento de peixes ornamentais, este segredo foi guardado por muito tempo pelos orientais e com o advento da internet essa informação finalmente vazou, embora pessoas mais informadas já tenham ciência do uso destas folhas no oriente aqui no Brasil. Ainda não se tem conhecimento, pelo menos não foram divulgados, da aplicação prática na criação e manutenção de peixes ornamentais.

Quem conhece um pouquinho como é feita a criação de peixes na Ásia sabe que qualquer brasileiro se assustaria com a quantidade de peixes que são mantidos em tanques e viveiros, uma quantidade muito superior a qualquer média comumente conhecida e estabelecida entre nós. Ficamos imaginando que seria esperado um grande número de mortes e de problemas relacionados ao excesso de população em uma criação tão intensiva... mas não é o que ocorre, os asiáticos sempre assombraram os ocidentais com o volume de produção. Um dos segredos é a qualidade da água e é exatamente aí que a folha da Terminalia catappa entra. Na criação de peixes de corte, Tilápias, por exemplo, a T. catappa é uma alternativa reconhecida ao uso de antibióticos.

Entre as qualidades que hoje podem ser encontradas testemunhadas em sites e fóruns das mais variadas nacionalidades estão:

Estimulante da reprodução;
Alto poder antifúngico;
Alto poder antibactericida;
Alto poder antiparasiticida;
Intensificação das cores dos peixes;
Melhoraria da saúde geral dos peixes;
Baixa o pH;
Simular condições de águas escuras (Black Water).
As folhas secas da Terminalia catappa são amplamente utilizadas por criadores de Bettas, Discos e demais peixes de água ácida principalmente, no entando é fácil encontrar referência de uso com diversas outras espécies como Rásboras, por exemplo. As folhas são usadas secas dentro do compartimento de filtragem, local de grande circulação de água na proporção de 1 folha para cada 15 galões, o que em litros dá 1 folha para cada 56L mais ou menos. Estas folhas hoje tem um forte comercio internacional sendo muito apreciadas por criadores de Killifishes e Discos europeus (principalmente Alemanha) e atualmente encontra um comercio em expanção entre os hobistas americanos que as tem adiquirido pela internet. Um saquinho contendo cerca de 10 folhas custam a bagatela de U$ 7,50 nos EUA.

Com tantas qualidades e tantas referências positivas fico imaginando por que o Brasil que tem essa planta de norte a sul não há referências do seu uso ou experimentação... certamente espera-se que um grande site americano anuncie a venda para então a febre chegar até aqui.

Por que não tentar?

Se você ficou curioso a respeito acho que é totalmente válida uma experimentação, para os criadores de Betta acostumados a usar a folha de bananeira no tratamento de algumas infecções tem ai uma excelente oportunidade para experimentar.

Para usar as folhas recomenda-se colhe-las ainda verdes e seca-las a sombra, isso evita que juntamente das folhas secas coletadas no chão sejam introduzidos no aquário agentes contaminantes que aproveitam a morte da folha para se instalar, obviamente o poder de defesa da folha é muito maior quando ela ainda está viçosa e saudável em seu galho. Após a coleta as folhas devem ser lavadas e dispostas para secagem, após a secagem basta dispo-las em local de grande circulação de água, neste caso os filtros. Vale lembrar que a folha, como mencionado acima, tigirá a água de uma coloração amarelada cor de chá, então se você não aprecia a coloração esteja avisado.

Efeitos esperados

Espera-se que os peixes reajam exibindo todo seu vigor, tenha baixa suscetibilidade a infecções e tenham suas cores intensificadas, estes são os efeitos gerais associados ao uso das folhas. Na reprodução é esperada diminuição e até ausência de ovos fungados (ovos brancos) bem como um aumento no número de alevinos sobreviventes aos primeiros dias.

Modo de Uso

Cada folha pode tratar até 56L (10G) de água. Simplesmente coloque a folha inteira no seu aquário ou qualquer recipiente com água e a deixe lá por pelo menos 5 dias ou até 10 dias para obter melhores resultados. A água irá gradualmente tornar-se cor de chá nos dias subsequentes, primeiro uma cor suave intensificando com o decorrer da aplicação. Se você tem um recipiente com menos de 56L pode-se aplicar as folhas em separado e ir diluindo a solução no recipiente que se quer tratar, mas pode-se ainda diminuir a proporção das folhas em relação ao conteúdo do recipiente. As folahs devem ser removidas após 10 dias de uso visto que todas as suas propriedades benéficas como o ácido taninico já foram liberadas no tanque.

Para pequenos recipientes, como betteiras de criação, pode-se usar um recorte da folha de uns 3.5 a 7cm2 adicionado diretamente ao recipient deixando-o lá por pelo menos 3 dias ou cinco para melhores resultados. O tratamento da água com as folhas da Terminalia catappa diminuem a necessidade de trocas desses recipientes de várias em uma semana para uma por semana, mesmo assim não deve-se deixar de fazer trocas.

Ficou curioso e vai tentar? Ótimo, observe o modo de preparação e uso citados acima e não deixe compartilhar os resultados.



Folhas de Amendoeira (II)

Nós usamos folhas de amendoeira para diferentes propósitos. Basicamente a folha lança substâncias antibacterianas gradualmente na água e a água vai ficando na cor marrom chá.

Durante mais de 35 anos de experiência criando betas, eu descobri os benefícios múltiplos desta folha herbácea:

Nós pomos uma folha para 45.5 a 68 litros (10 a 15 galões) para manter o peixe saudável e ativo e será mantido para quase dois ciclos de troca de água. (deixe a folha aproximadamente de 1 a 2 semanas).

-> Nós recomendamos água descansada de um dia para o outro com um mínimo ou nenhum cloro


Nós pomos a folha em um tanque de criação para aumentar a freqüência de criação em seu peixe e para manter os alevinos saudáveis e espertos e melhorar a vitalidade deles. (Ponha uma nova folha seca a cada 3 ou 4 semanas e descarte-a depois de 1 semana. Repita isto até os alevinos estarem com 4 meses).


Para curar peixe doente que tenha qualquer tipo de infecção bacteriana. Por favor, consulte seu veterinário inicialmente se seu peixe está doente ou precisa de cuidado preventivo. O uso de folhas de amendoeira é uma alternativa. (Ponha uma folha seca em uns 2,3 a 4,5litros - 1/2 a 1 galão - e mantenha o peixe por uns 10 a 14 dias. Evite qualquer luz direta do sol, mas mantenha a temperatura na faixa de 21° a 28° C - 70 a 82 ° F). Alimente o peixe preferencialmente com comida viva como enquitréia ou blood worms, uma vez ao dia, sempre na mesma hora do dia.


Para acelerar o processo curativo das barbatanas danificadas ou danos no corpo. Ponha uma folha seca em uns 2,5 a 4,5litros (1/2 - 1 galão) e mantenha a temperatura na faixa de 21° a 28° C (70° F a 82 ° F) por umas 2 a 3 semanas. Evite luz solar direta e alimente o peixe preferentemente com comida viva como [enquitréia] ou blood worms uma vez ao dia. Isto ajudará o crescimento das nadadeiras mais rapidamente e manterá a pele e as escamas novamente saudáveis.


Nós usamos a folha para condicionar nossos betas combatentes. Nós preparamos nossos betas jovens quando eles estão prontos para serem transferidos do tanque comunitário para um tanque individual. (O processo dura de 2 a 3 semanas.

* veja o artigo em "Como eu preparo meus melhores da ninhada" de http://www.siamsbestbettas.com, na página Articles/Gallery).


O beta macho jovem dominante ama construir ninho debaixo da folha inteira flutuante no tanque comunitário para reivindicar seu território e lutar para expulsar ou perseguir outros betas machos que o desafiem.


Ponha uma folha de Amendoeira seca e deixe flutuar na superfície. O macho construirá seu ninho debaixo dela. Ponha outra folha seca no fundo para permitir que a fêmea se esconda do ataque do macho. A água ficará castanha para simular seu hábitat natural.
Dosagem de folhas esmagadas para seus betas: Ponha aproximadamente de 10 a 13 centímetros quadrados (4 a 5 polegadas quadradas) de folha para tratar 2,3 litros (1/2 galão) de água e 15 a 18 centímetros quadrados (6 a 7 polegadas quadradas) para tratar 4,5 litros (1 galão) de água.

Receita Secreta Criação Asiática

A maioria dos peixes tropicais que vivem nos rios e lagos tem melhor ambiente natural em águas escuras. Água escura tem uma cor castanha de chá característica e contém muitos materiais orgânicos dissolvidos. Foi notado primeiramente que peixes vivendo ao redor das águas onde são achadas as árvores ketapang / Huu / amendoeira crescem muito mais vibrantes, bonitos e saudáveis.

Assim começou a prática de pôr nos aquários esta folha para tentar obter a mesma condição encontrada no ambiente natural deles. A árvore ketapang / Huu Kwang / Amendoeira é um grande “formato de pagode” (cônica, talvez?) com distintas ramificações enfileiras. A origem da árvore está na Malásia e Tailândia.

Uma peculiaridade notável desta espécie é a tendência para suas folhas ficarem brilhantes e vermelhas e cair - uma raridade nas regiões tropicais onde a maioria das árvores permanece perene (esverdeada) ao longo do ano.

São usadas tradicionalmente a casca, a fruta e folhas da árvore para tratar várias doenças que variam desde doença de pele, desinteria, enxaquecas e cólica em crianças. Pesquisa identificou propriedades que poderiam ser usadas tratando hipertensão.

A árvore Ketapang / Huu Kwang (Terminalia catappa, ou comumente chamada amendoeira tropical, badamier, amêndoa de Java, Amandier Cayenne, amêndoa selvagem, amêndoa da índia, myrobalan, amêndoa de Malabar, amêndoa de Cingapura, kwang de Huu, amêndoa de Mar, kobateishi) é conhecida por produzir um veneno em suas folhas e seiva para defender contra parasitas de insetos. Quando as folhas secas caem no rio, uma tintura marrom forte é liberada. A tintura está cheia de ácidos orgânicos como húmus (?) e tanino.

Assim, as folhas secas da amendoeira, na verdade lançam ácidos orgânicos como o húmus (?) e o tanino que abaixam o pH da água, absorvem substâncias químicas prejudiciais e ajudam a criar um ambiente fuliginoso e tranqüilo para o peixe.

O que é Ácido húmico? É uma mistura de vários ácidos orgânicos?

Ácidos húmicos são uma mistura complexa de materiais parcialmente “decompostos" e por outro lado materiais orgânicos transformados. Os ácidos húmicos de água doce podem vir de uma variedade de fontes, a maioria das quais estão em terra (decomposição da vegetação terrestre). Estas substâncias são lavadas [no sentido de se misturarem] nos lagos e rios e sofrem transformações adicionais no caminho, e em última instância no oceano.

Ácido húmico contém Enxofre, Nitrogênio e Fósforo em quantidades variadas. Também contém metais como Ca, Mg, Cu, Zn etc. que podem influenciar [efeitos colaterais?] de algum modo indefinido.

Ácido húmico pode ser separado em dois grupos, baseado na polaridade e tamanho dos “compostos” individuais. A menor e mais polar das frações geralmente é o chamado (?) ácido fúlvico e a fração maior, mais não polarizada geralmente é o chamado (?) ácido húmico.

Ácidos húmicos são o produto de fim de degradação microbiana da planta e restos de animais e são um dos componentes mais importantes de terras férteis. [ácido húmico = húmus, adubo orgânico?] Taninos, ligninos (?) e ácidos fúlvicos são sub classes de ácidos húmicos. Eles tingem de amarelo a água.

Tânico e ácidos húmicos podem ser úteis para inibir muitos tipos de bactérias inclusive cyano-bactérias e podem ser bastante benéficos para seu peixe.

Outro efeito paradoxal dos ácidos húmicos é o de desintoxicação de metais pesados. Material de húmus e detritos no aquário também absorvem rapidamente e desintoxicam muitas substâncias químicas incluindo o zinco, o alumínio e o cobre!

Uma forte expectativa que eles [o húmus e os detritos no aquário] fizessem mais, não menos tóxico que os ácidos húmicos, mas os estudos parecem indicar um efeito desintoxicante. (?) Também importante saber: a dureza da água o mais ineficaz os ácidos húmicos - - - mais exatamente: o limo dissolvido na água produz humates (?) de cálcio insolúvel. Assim, a mais alta dureza da água, a mais alta deve ser a provisão de humates (?) de modo a alcançar um efeito acidificante. A água mole, menos humates são necessários e o melhor o efeito. Cria um ambiente natural semelhante aquele dos lagos na floresta tropical e alguma área do rio Amazonas.

Fonte
avatar
Fabricio Mendonça
Moderador
Moderador

Mensagens : 25
Data de inscrição : 07/04/2012
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.fabriciomendonca.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum